Jogo sobre a vida de Jesus Cristo é lançado no Facebook

Journey of Jesus: The Calling [Jornada de Jesus: O Chamando] é o primeiro jogo baseado na vida de Jesus feito para ser jogado em redes sociais. Lançado esta semana pela empresa Lightside Games, que já havia feito sucesso com “Journey of Moses” (A Jornada de Moisés).

“Em Journey of Jesus: The Calling, os jogadores revivem os passos do Messias, em uma autêntica experiência de Israel no tempo de Cristo”.

Os jogos sociais online atraem atualmente 300 milhões de jogadores em todo o mundo. Journey of Jesus apresenta gráficos de alta qualidade, música animada e as últimas tendências de jogos sociais. Os interessados podem procurar pelo título no Facebook e baixar o aplicativo ainda hoje. O jogo é gratuito e os jogadores podem escolher caminhos diferentes, explorar os espaços intrincados do jogo, procurar objectos e artefactos bíblicos, superar obstáculos, e visualizar melhor aspectos da política, da paisagem, da história e da vida diária da época (Séc. I).

Os líderes cristãos elogiam a iniciativa. Darrell Bock, professor de Novo Testamento do Seminário Teológico de Dallas, afirmou: “Por que um teólogo deve endossar um jogo de rede social? Porque 300 milhões de pessoas que ligam toda semana seus computadores para usar os jogos sociais e porque Journey of Jesus: The Calling leva os jogadores mais perto da vida de Cristo de uma forma divertida, reflexiva e divertida”.

O conhecido pastor e escritor Jack Hayford explica: “Eu não teria pensado que um jogo poderia nos lembrar que Jesus andou nesta terra, envolveu-se com pessoas reais e viveu uma vida diária cheia de dramas. Journey of Jesus: The Calling é maravilhoso porque é mais do que um jogo”.

A demanda por jogos sociais com temas bíblicos tornou-se evidente quando Journey of Moses foi lançado no verão passado. Em poucos dias atraiu mais de 2 milhões de jogadores em todo o mundo.

Journey of Jesus: The Calling pode ser um primeiro convite para ter conversas sobre fé com seus amigos não cristãos.

Conheça o jogo “Jornada de Jesus” aqui.

Sepulcro Virtual

Para os que ainda não tiveram oportunidade para ir a Jerusalém (Israel) visitar a Basílica do Séc. IV conhecida como o Santo Sepulcro, já o podem fazer comodamente a partir de casa. Com duas vantagens, não terão os mares de multidões que visitam aquele local diariamente, e puderão vislumbrar o túmulo que a tradição histórica acredita ser o túmulo de Jesus Cristo. Isto pode ser feito ao seu ritmo, isto porque a permanência dentro do túmulo é gerida por um sacerdote que permite que os visitantes estejam dentro do túmulo apenas 15 a 20 segundos. Por isso, antes de viajar fisicamente, faça-o virtualmente.

[Clique na imagem para iniciar a visita]

Tanque de Siloé Descoberto

O Apóstolo João (10 d.C. – 103 d.C) relata que Jesus curou um cego, ordenando que este fosse ao Tanque de Siloé tirar o lodo que lhe tinha colocado nos olhos (João 9:7).

Em Agosto de 2005, o tanque foi descoberto. Um grupo de trabalhadores encontrava-se a reparar um cano de esgoto, na cidade de Jerusalém, quando descobriu um reservatório de água. Arqueólogos foram chamados ao local e confirmaram que esse reservatório era o Tanque de Siloé, mencionado no Evangelho de João.

Os académicos referiam que o Tanque de Siloé não existia e que João estava apenas a utilizar um conceito religioso para ilustrar uma situação, afirmou James Charlesworth, estudioso do Novo Testamento no Seminário Teológico de Princeton, nos Estados Unidos da América. 

A descoberta do Tanque de Siloé mostra que um evangelho que muitos pensavam conter apenas “teologia pura” está “alicerçado em História“, disse Charlesworth.

Os cépticos diziam que o Tanque de Siloé não existia e que João tinha inventado tudo. Os cépticos podem dizer o que quiserem mas a verdade é que a Arqueologia ano após ano continua a comprovar o carácter histórico da colecção de livros conhecida como a Bíblia.

Localização exacta do Tanque de Siloé: 31° 46′ 14″ N, 35° 14′ 6″ E