Liberdade para Youcef Nadarkhani!

O pastor Youcef Nadarkhani, de 34 anos, tornou-se um exemplo notável da perseguição religiosa no mundo, após ser preso em 2009 por protestar contra a obrigatoriedade do ensino do islamismo na escola dos seus filhos, sendo acusado de apostasia. Sobre sua actual condição, Youcef emitiu uma carta ao grupo de ajuda aos perseguidos, o “Ministério Verdade Presente”.

O seu destino agravou-se quando o Centro Americano de Lei e Justiça recebeu uma notificação de uma ordem de execução do tribunal iraniano. Mais recentemente, o advogado que esteve disposto a representar Youcef foi condenado a nove anos de prisão por “agir contra a segurança nacional”.

O caso de Youcef tem ganho atenção internacional sobre a violação de direitos humanos e da liberdade religiosa por parte do Irão, onde países importantes emitiram declarações condenando as acções do país. Os filhos do pastor, Daniel e Yoel (na foto), juntamente com sua esposa, Fatema Pasindedih, aguardam a sua liberação.

Leia em baixo a carta de Youcef, emitida ao Ministério Verdade Presente:

Saudações do vosso servo e irmão em Cristo, Youcef Nadarkhani.

Para: Todos aqueles que estão envolvidos e preocupados com minha situação actual.

Primeiro, eu gostaria de informar a todos os meus amados irmãos e irmãs que estou em perfeita saúde na carne e no espírito. E eu tento ter uma abordagem um pouco diferente dos outros durante estes dias e considerá-lo como o dia do exame e julgamento de minha fé. E durante estes dias que são difíceis para provar lealdade e sinceridade a Deus, eu estou a tentar fazer o melhor ao meu alcance para ficar bem com o que eu aprendi com os mandamentos de Deus.

Eu preciso lembrar aos meus amados, apesar do meu julgamento já fazer algum tempo, e como na carne eu desejo que esses dias terminem, ainda tenho me render à vontade de Deus.

Eu não sou nem uma pessoa política nem sei sobre a cumplicidade política, mas sei que enquanto há muitas coisas em comum entre as diferentes culturas, há também diferenças entre essas culturas ao redor do mundo que pode resultar em críticas, que na maioria das vezes a resposta a esta crítica vai ser dura e, como resultado, aumentar nossos problemas.

De vez em quando sou informado sobre as notícias que se estão a espalhar nos média sobre a minha situação actual, por exemplo, sendo apoiado por várias igrejas e políticos famosos que pediram a minha libertação, ou campanhas e actividades de direitos humanos que estão acontecendo contra as acusações que estão sendo aplicadas a mim. Eu acredito que este tipos de atividades podem ser muito úteis, a fim de alcançar a liberdade, e respeitando os direitos humanos de forma correcta pode trazer resultados positivos.

Eu quero agradecer a todos aqueles estão tentando atingir esse objectivo. Mas, por outro lado, eu gostaria de anunciar a minha discordância com as actividades insultantes que causam stress e problemas que, infelizmente, é feito com a justificação (desculpa) de defesa dos direitos humanos e da liberdade, pois os resultados são tão claros e óbvios para mim.

Eu tento ser humilde e obediente àqueles que estão no poder, a obediência à autoridade que Deus concedeu aos funcionários do meu país, e orar por eles para governar o país segundo a vontade de Deus e serem bem sucedidos em fazer isso . Porque eu sei, que desta forma, eu obedeci a palavra de Deus. Eu tento obedecer, juntamente com aqueles que eu vejo numa situação igual à minha. Eles nunca fizeram qualquer queixa, apenas deixaram que o poder de Deus se manifeste nas suas vidas, e embora às vezes lemos que eles têm usado esse direito de se defender, pois eles tinham esse direito, eu não sou uma exceção e usei todas as possibilidades e assim por diante e estou esperando o resultado final.

Então peço a todos os amados que orem por mim como a santa palavra disse. No final eu espero que a minha liberdade vai ser preparada o mais rápido possível, pois as autoridades do meu país vão fazer com o livre arbítrio de acordo com a lei e os mandamentos que são responsáveis para isso.

A graça de Deus e misericórdia sejam sobre vocês agora e para sempre. Amém.

Youcef Nadarkhani

Anúncios